MENU
Menu

Audax incorpora Anabel e Rosa no seu conselho

A incorporação das novas conselheiras demonstra o firme compromisso do Grupo com as melhores práticas de boa governação corporativa.

Audax Renovables (ADX.MC), o grupo energético que integra as atividades de produção e comercialização de eletricidade e gás 100% renovável, reconfigurou e reforçou o seu Conselho de Administração, incorporando duas mulheres no seu mais alto órgão de direção. O Conselho de Administração da Audax Renovables aprovou por unanimidade a nomeação de duas novas diretoras, Anabel López Porta e Rosa González Sans, para os próximos quatro anos.
 
A incorporação de talento feminino está de acordo com as melhores práticas de boa governação empresarial e reflete-se na nova estrutura e composição do Conselho de Administração.
 
Anabel López, licenciada em Direito pela Universidade de Barcelona e PDG pela Escola de Negócios IESE com mais de 16 anos de experiência no sector das energias renováveis e mercados de capitais, é atualmente responsável pela carteira de produção do Grupo Audax e é também membro do Conselho de Administração de várias filiais do Grupo Audax. Começou a sua carreira profissional no Grupo Godó em 1995, trabalhando nos departamentos de finanças e controlo. Em 2004 juntou-se à Fersa Energías Renovables, e assumiu a gestão geral em 2015, gerindo integralmente a operação de venda do grupo que culminou num processo de OPA da Audax Energia, S.A. e participando diretamente na operação de fusão inversa, de que resultou o Grupo Audax Renovables. Foi também recentemente nomeada membro do Conselho de Administração e do Comité de Auditoria e Conformidade do Grupo Ezentis, S.A., em representação da Elétrica Nuriel, uma empresa detida a 100% por José Elías.
 
Rosa González, com mais de 12 anos de experiência no sector energético e, especificamente, na comercialização de energia, foi sócia fundadora da Mediaworks, S.A., um centro de media publicitário, durante 11 anos, juntando-se ao grupo energético Audax Energia desde o seu início. Ao longo da sua carreira no grupo Audax, ocupou cargos de responsabilidade relacionados com as áreas financeira e de recursos humanos, o que lhe deu uma visão transversal do negócio. Reportando diretamente ao Presidente do Grupo, José Elías, participou em várias operações empresariais da empresa e especificamente, a nível internacional, liderando o desenvolvimento e expansão em 2016 e 2017 do Grupo Audax em Itália como Diretora Geral desta filial até 2018. Atualmente é também membro do Conselho de Administração de várias filiais do Grupo Audax Renovables.
 
Com as novas conselheiras, há agora duas mulheres no mais alto órgão de direção da Audax Renovables, que a partir de agora terá seis membros. Na sequência desta remodelação, a presença de mulheres situa-se agora nos 33%, ultrapassando a meta de 30% estabelecida para 2020, e aproximando-se da meta de 40% estabelecida para 2022, na sequência da recente revisão do Código de Boa Governação.
 
Além disso, a composição do Conselho de Administração demonstra o seu empenho em seguir as recomendações do Código de Boa Governação das empresas cotadas publicadas pela Comissão Nacional do Mercado de Valores Mobiliários em relação à diversidade, tanto em termos de formação como de experiência, e género (as diretoras representam 33% do número total de membros do conselho), e independência (as diretoras independentes representam 33% do número total de membros do conselho), o que se traduz num órgão equilibrado centrado no objetivo comum de promover o interesse empresarial da empresa através da contribuição ativa de valor por parte de todos os seus membros.
 
As nomeações das novas conselheiras também implicam mudanças nos diferentes Comités do Conselho de Administração, uma vez que Anabel López também se junta ao Conselho de Administração como membro do Comité de Auditoria e como membro do Comité de Nomeações e Remunerações.
 
 
Deve também notar-se que o Conselho de Administração tem um diretor coordenador independente, uma vez que o presidente do órgão administrativo é um diretor executivo, com todas as funções postuladas pelo Código de Boa Governação Corporativa para esta figura. Da mesma forma, todos os comités consultivos do Conselho são compostos por uma maioria e presididos por diretores independentes.
 
Segundo José Elías, Presidente do Conselho de Administração, "com a incorporação de Rosa González e Anabel López ao Conselho, teremos uma maior diversidade de conhecimentos, competências e experiência, o que terá uma influência positiva na eficácia do Conselho e na qualidade das suas decisões".
 
O Grupo Audax, que se define como uma empresa de energia integral com geração 100% renovável, anunciou há algumas semanas uma mudança na sua estratégia, concentrando os seus esforços e recursos na atividade de geração de energia e está também a preparar um novo plano estratégico que será em breve anunciado ao mercado.
 
Sobre Audax Renovables
 
O Grupo é o resultado da fusão por absorção entre Audax Renovables, S.A. e a sua empresa-mãe, Audax Energia, S.A., dando origem a um grupo energético cujas atividades estão centradas na produção de energia 100% renovável, bem como no fornecimento de eletricidade e gás 100% renovável.
 
Fundada em 2000, em 2003 a Audax Renovables foi cotada no mercado secundário da Bolsa de Barcelona e em 2007 foi incluída na SIBE da Bolsa de Valores de Madrid. Está atualmente listada no Mercado Contínuo Espanhol sob o ticker ADX.MC, tendo aderido ao índice IBEX SMALL CAP® em 23 de Março de 2020.
 
Somos o grupo líder no segmento das PMEs em Espanha, garantindo um fornecimento eficiente de energia comercializada através de um processo de integração vertical com a atividade de geração renovável, com uma sólida posição financeira, e preparados para liderar a transição energética no mercado europeu.
 
O Grupo gere uma carteira de projetos de geração em operação de 91 MW em parques eólicos em Espanha, França e Polónia, e 15 MWp fotovoltaicos em Espanha. Além disso, tem 66 MW de energia eólica em construção no Panamá. Tem também 44 MWp de projetos fotovoltaicos em construção e uma carteira fotovoltaica de 2,282 MWp em diferentes fases de desenvolvimento em Espanha, Portugal e Itália.
 
Audax Renovables, na sua atividade de comercialização de eletricidade e gás 100% renovável, está presente em Espanha, Portugal, Itália, Alemanha, Polónia, Holanda e Hungria, com mais de 515 mil clientes e 10,5 TWh fornecidos em 2020.
 
Para mais informações visite www.audaxrenovables.com / www.audaxrenovables.es

Operadores da Rede de Distribuição (ORD) -eletricidade e gás natural
...
Read More
Autorização para o seu projecto “Los Arenales"
Audax Renovables (ADX.MC), o grupo energético espanhol integrado verticalmente que produz e fornece eletricidade e gás 100% renováveis a clientes em 7 países europeus, anunciou os seus resultados para o exercício financeiro de 2021. As sólidas medidas de gestão adotadas pela Audax no primeiro...
Read More
Audax aumenta o seu lucro
Audax Renovables (ADX.MC), o grupo energético espanhol integrado verticalmente que produz e fornece eletricidade e gás 100% renováveis a clientes em 7 países europeus, anunciou os seus resultados para o exercício financeiro de 2021. As sólidas medidas de gestão adotadas pela Audax no primeiro...
Read More
Audax obtém o certificado de arranque para Cañamar
Audax Renovables (ADX.MC), o grupo energético espanhol integrado verticalmente que produz e fornece eletricidade e gás 100% renováveis a clientes em 7 países europeus, anunciou os seus resultados para o exercício financeiro de 2021. As sólidas medidas de gestão adotadas pela Audax no primeiro...
Read More
phone-handsetcrosschevron-down